Escolha uma Página
Como vender na internet

Como vender na internet

O Brasil possui mais de 122 milhões de usuários com acesso à Internet e essa população antes de comprar um produto realiza suas pesquisas online. Sabendo disso, precisamos saber como vender na internet.

COMO VENDER PELA INTERNET?

Quem já tentou, descobriu que o caminho não é tão fácil assim, até porque se você é um empreendedor e já teve um site, ou loja virtual ou mesmo já colocou o seu produto no mercado livre para vender e não teve resultado, sabe bem que a coisa não é por ai.

Em um outro cenário empresas startup ou mesmo grandes empreendimentos avançam nas vendas agressivamente.  Esses número passam ser considerável de vendas fazendo com que eles vivam da internet.

Jovens de 17 ou 19 anos já se tornam empresários de sucesso e muitas vezes sem ter um funcionário. Da uma grande surra em muitos veteranos no mercado, como podemos ver pelo criador do facebook.

Enquanto escrevo fomos surpreendidos com a Black Friday que gerou 1,1 bilhão de reais em vendas nos primeiros quatro dias segundo a revista exame.

Agora da para você imaginar como a internet convenceu a população de que comprar online é melhor do que ir em uma loja

 

A SEGURANÇA DO MUNDO DIGITAL

 

O fato é a internet vai ser sim o caminho de compra e consumo, se você acredita que nem todo mundo tem coragem de comprar pela internet, esquece, a confiança e a proteção de dados mudou muito, as financeiras disponíveis no mundo digital, estão muito mais preparadas para os hackear e ataques cibernéticos e a tendência é se torna cada vez mais prontas.

Clonagem de cartão, compras indesejadas, golpes de produtos falsos estão cada vez mais difícil

As financeiras trabalham com prazo de 14 há 30 dias para repassar o dinheiro, até que o cliente confirme o recebimento do produto. Um fato é o mercado livre, ao vender um produto nele, o cliente pode confirma o recebimento e dar uma nota sobre o produto. Outra coisa, ele pode fazer uma devolução de forma simples e sem muito esforço.

Assim também para o empreendedor que busca vender o procedimento é mais simples e prático possível, além de evitar o famoso e arriscado fiado. Sua financeira processa o pedido e verifica a autenticidade da compra, confirmando o pedido sem comprometer com golpes.

 

QUEM NÃO TÁ ONLINE NÃO VAI SOBREVIVER

 

Quando vemos em século XXI a tecnologia com um avanço agressivo, pois uma pessoa leiga pode hoje mesmo ao comprar um celular ter acesso a internet, comprar um produto e realizar qualquer tipo de ação sem precisar ser um expert no mundo online.

Pense, se você ainda não optou por usar a internet e acha q isso não é para você. Desculpa, mais você corre um sério risco de fechar as portas. Mesmo que você diga q seu produto é uma lojinha simples q não precise disso.

A concorrência informa o seu consumidor mais rápido do que você possa imaginar, tiram uma foto, postam nas redes sociais. Facebook ou instagram e chamam para uma conversa no whatsapp, pronto, sem ir até a loja o cliente já comprou os produtos. E você ainda esta montando sua vitrine de apresentação na sua loja física.

Se no seu negócio local, você tem um volume de visitas de 30, 40, 50, 100, 1000 pessoas. No digital vc tem 10 vezes e como você não pode dividir em 10. No mundo digital você pode dividir em mil ou 10 mil ou muito mais, usando máquinas para realizar atendimentos com o consumidor.

Seria vergonhoso dizer isso, mais é a pura verdade, enquanto sua loja física, gera para você despesas e mais despesas até que ocorra vendas. No mundo digital você pode começar sem ter muitos custos, mais claro se você quer resultados não vai funcionar no grátis!

 

QUAL É O PROCEDIMENTO PARA MEU NEGÓCIO ESTAR ONLINE?

 

Se realmente você já se convenceu e quer sair do aventureiro eu vou dar a você uma dica básica. Comece pelo mais básico de tudo, um bom relacionamento, aprenda a relacionar sua marca com o cliente.

Se você pensa em competir no preço, esquece, você não vai conseguir se sustentar, esta uma loucura a concorrência, o melhor preço atrai, mais não fideliza, o que aconselho é que você realmente aprenda a envolver seu cliente com a sua marca.

Pessoas querem encontrar pessoas para se relacionar, o cliente quer expor suas dores e encontrar uma solução para ela e você precisa entender a dor deles e oferecer soluções é como você ir no médico, você chega lá e fala com ele os sintomas, até porque você não vai saber falar nomes que até DEUS dúvida, kkkk…

Bem, mais seguindo o raciocínio o médico logo vai examinar ou diagnosticar você quando verificar seus sintomas, a parti disso ele vai dar uma solução e é bem assim no mundo digital, o problema é que todos querem apenas vender.

Querem apenas colocar o produto e esperar acontecer, sem sequer saber q o cliente em algum momento da vida pode ter ouvido falar desse produto.

 

MÍDIAS SOCIAIS

 

Facebook, Instagram, Youtube, linkedin e outras redes são importantes, mais aconselho ser atencioso e seletivo aquele mídia social que você identifica mais o seu público, se é o facebook então use o facebook corretamente e com recorrência, trabalhando um marketing correto e assertivo, relacionando com o cliente, depois desenvolva outros canais, mais procure ir sempre no passo a passo para não dar a sensação de abandono.

Pense sempre no seu potencial cliente. De como ele gostaria de se envolver com sua marca, como ele gostaria de relacionar com você e como ele se sentiria ao comprar um produto seu.

 

O SEU CANAL DIGITAL

 

Embora muitos usem de forma errada e outros não acham interessante, você precisa “URGENTEMENTE TER UM SITE”, isso porque além de você ser independente você consegue monitorar seu tráfego, entender seu público e até mesmo potencializar suas vendas.

Eu sempre vejo um site como prioridade, porque é justamente o que as pessoas vão procurar, se elas entram em seus canais online e se envolve com sua marca o próximo ponto delas e saber mais sobre você e provavelmente ela vai pesquisar no google sobre sua empresa, se você não tem um site isso pesa muito.

É como se você não existisse, ou existisse meio por baixo dos panos, de uma forma mais amadora, entende? Não dá muita credibilidade e confiança.

Com seu site você pode estudar perfeitamente o seu público e aplicar ferramentas sensacionais como o google analytics que monitora cada passo do usuário e entendendo o seu comportamento para oferecer uma solução melhor e aprimorada.

 

CONCLUSÃO

 

Acredito que você já imaginou que o caminho não é tão fácil, mais também os retornos são surpreendentes, se você souber trabalhar bem com sua marca no mundo digital, provavelmente terá muito do que se orgulhar e seus clientes também, então o meu conselho é, sai da visão de aventureiro e mergulhe no mundo digital.